Ruth Kearney Brasil » 2017
Bem-vindo ao Ruth Kearney Brasil,somos um fã site criado por fãs com o objetivo de informar os fãs com máximo de informações sobre a carreira da atriz irlandesa Ruth Kearney. Não temos contato com Ruth, seus agentes, familiares ou amigos. É proibido a cópia total ou parcial deste site. Todo conteúdo publicado aqui é de nossa autoria, então não use sem os devidos créditos.Obrigado pela visita!



maio, 19 Publicado por talita

Ruth Kearney conversou com a Issue Magazine sobre sua vida, carreira e seus gostos. Confira a entrevista transcrita abaixo.

 

De onde você é?

Eu sou de Dublin, Irlanda.

Qual foi seu primeiro sucesso?

Eu não sinto que tive meu primeiro sucesso ainda. Mas meu primeiro emprego depois da escola de teatro foi bem intelectual, eu era parte de um time que pegava os dinossauros que tentavam entrar no mundo moderno.

No que você andou trabalhando?

Mais recentemente eu estou na série da Netflix chamada Flaked, que é situada em Venice, Venice Beach. Antes disso eu interpretei uma assassina em série, eu estive aterrorizando as ruas de Manhattan, e várias outras coisas aqui (USA) e no Reino Unido.

Como você se sente sobre essa carreira?

É uma carreira difícil, mas eu sinto que, eu não me imagino fazendo outra coisa. E tipo, pode ser divertido, bem desafiador, mas quando eu fico preocupada é meio que um pouquinho egocêntrico.

Como você decidiu se tornar atriz? 

Hm… Quando eu era mais nova, eu e minhas irmãs costumávamos fazer pequenas peças, e filmes e e essas coisas. Quando estavamos crescendo minha irma mais velha costumava ficar no comando de tudo, ela era a diretora, a escritora a produtora de elenco. Eu lembro que ela me mandava fazer audições e eu ficava bem nervosa esperando para entrar. Eu acho que começou lá. [risos]

Como você se descreveria?

Loira safada. [risos]

Qual é seu ator favorito que você admira?

Tem muitos atores que eu admiro e respeito. Eu recentemente assisti Natalie Portman em Jackie, e eu achei que ela foi maravilhosa, uma performance brilhante, tipo ela levou o filme nas costas, foi ótimo, brilhante.

Qual seria seu trabalho ideal?

Eu sempre quis ser veterinária ou algo relacionado com animais. Então acho que se eu não estivesse atuando, algo assim seria ótimo.

Qual seria seu trabalho ideal? Oh, eu acabei de perguntar isso

[risos]

Você se considera sortuda?

Bom, eu sou irlandesa então… [risos]. Sim, eu com certeza acho que sou sortuda. Eu me sinto sortuda em poder fazer o que eu quero fazer, e viver disso.

Quais vantagens você tem?

Eu sou campeã irlandesa de dança. [risos]

O que você fazia antes dessa carreira?

Muitas coisas. Eu trabalhei muito como garçonete. Eu acho que o trabalho mais recente que eu tive antes desse trabalho foi passeadora de cães, que é bem menos estressante que Manhattan.

Por que você não continuou?

Porque eu consegui um trabalho de atuação? É.

Você preferiria ter um carro ou um diploma?

Um diploma, pois te traz conhecimento, e conhecimento é poder.

O que você acha da necessidade por gratificação instantânea? 

Eu acho que se você pode ter, por que não? Mas nem tudo pode ser instantaneamente gratificante.

Como você sente sobre quão interconectado o mundo está ficando?

Eu acho que é uma coisa boa, quanto mais conectados nós ficamos, globalmente, é definitivamente positivo.

Como o futuro se parece para você?

Desconhecido e excitante.

Como você se sente sobre ter filhos?

Eu definitivamente quero ter filhos, não no momento. Mas é algo que eu sempre imaginei para mim.

Quais desafios você acha que o mundo está enfrentando nos dias de hoje?

Essa é sem duvida uma pergunta importante. No momento eu sinto que, pessoalmente, eu sou da Irlanda que é parte da União Europeia, mas eu vivo em Londres, minha família vive em Londres, meu parceiro é britânico, e agora você sabe que o Reino Unido está se separando da União Europeia, então é um tempo bem desafiador, e um pouco assustador e desconhecido para nós de como o futuro vai se segurar. E também Trump no poder, mudanças climáticas e o grande problema da crise dos refugiados.

Sobre o que você é mais grata?

Eu sou grata pela minha família, amigos, e todas as oportunidades que eu estou recebendo na minha vida.

Qual sua forma favorita para se comunicar?

Eu acho que provavelmente pessoalmente. A melhor.

Qual seu livro, musica ou livro favorito no momento?

Eu estou amando  o album de Christine and The Queens e recentemente eu vi a perfomance de Anderson Paak, e eu amei, ele é otimo. E mais recentemente eu li A Amiga Genial da Elena Ferrante, e essa série é tão boa, quando eu fiquei sabendo que iria virar um especial da HBO não fiquei surpresa. E filme… essa é a terceira? O filme mais recente que assistir foi Corra!, que foi maravilhoso e obviamente ele é bem extravagante, e tudo por trás, então fiquei curiosa para ver, acho que é brilhante, muito bem feito, os atores, é, é uma ideia interessante.